Cartão clonado

Lembram que falei de compras internacionais?! Pois é, falei de umas lojas bacanas para se comprar, on line, no exterior e cheguei a dar a dica de dar preferência ao pagamento via Paypal. Pois então, o namorado não lê o blog e não seguiu essa dica. Resultado: comprou na Galibardy com cartão e teve seu cartão clonado na Inglaterra. Durante agosto, alguém comprou passagens de metrô às custas dele. E, como o banco custou a desconfiar que seria impossível ele estar, concomitantemente, em Londres e em Itaúna, deu-se um problemão. O cartão foi cancelado e ele terá que ligar para todos os estabelecimentos em que comprou para mudar a cobrança… Caso de se processar, acredito… Mas, enfim, se tivesse usado Paypal, isso não teria acontecido.

Nem sempre é má fé do site. Mas, com certeza, faltou, ali, um sistema de segurança eficiente.

Então, fica a dica: evite pagar compras on line com cartão de crédito, a não ser que você tenha certeza absoluta da idoneidade da loja e que o sistema de segurança deles é infalível – ou quase. Na dúvida, use o Paypal. Vale a pena…

Uma ideia sobre “Cartão clonado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *