Bicho da Seda

Stella McCartney é vegetariana. Ela não usa nada em couro ou pele em suas coleções. É, inclusive, ativista dos direitos dos animais. E, assim, chamou minha atenção as propagandas de Stella McCartney para C&A que tem saído na Veja. Todas as peças que vi são em 100% seda. Mas e o bicho da seda, não tem direito à vida?

 

Sabe como faz para fazer seda?

Espera-se que o bicho da seda faça o casulo e:

“Para se obter fios de seda é preciso mergulhar os casulos em água quente para amolecê-los e retirar deles uma espécie de goma que os faz ficar presos uns aos outros. Uma vez encontradas as pontas dos fios, os casulos são desenrolados calmamente e, depois disso, estes fios são enrolados numa roda formando uma meada. Este processo, em suma, consiste em desfazer todo o trabalho que a lagarta teve para formar o casulo.”

E ela morre!

O Peta já está, digamos, chateado com ela pelo uso de lã na coleção, mas tirar lã é um pro0cesso desagradável para o carneiro/ovelha, mas não é mortal. Fazer seda é mortal para a lagarta.

Eu já fui vegana e não dei conta: é difícil. Arranjar o que comer é fácil. Difícil é a paranóia de ter que verificar o que há no mundo que possa ser de origem animal ou testado neles. É não tomar um determinado remédio que você precisa muito por causa dos coelhinhos ou não usar um determinhado cosmético por causa das cochonilhas. É uma vida difícil, por mais digna que se proponha a ser.

Mas ser cara de pau é indigno. É Natalinha Cabeção tendo roupas e sapatos Dior só para ela, vegana, enquanto você pode usar a versão em couro das peças. É Stellinha fazendo roupas que ela não usaria, mas que você pode. É um traficante que não usa do produto, mas acha que não tem nada de errado em vender para você. Afinal, livre arbítrio…

Não compro a ideia. Vida longa aos bichos da seda!

Fonte: InfoEscola

 

2 ideias sobre “Bicho da Seda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>