Sushi Samurai

Fui, na sexta, para BH. Tinha dentista marcado para sábado, cedo. Eu deveria seguir meus instintos, porque eu sabia que alguma coisa daria errado. E deu.

A dentista não pode me atender, porque a secretária marcou com a pessoa errada. A especialidade que eu queria não era feita pela pessoa com a qual fui agendada. OK. Fazer o quê?! Não vou dizer que fiquei feliz, porque não fiquei, mas também não foi o fim do mundo. Mas achei muita graça da reação da moça: quando ela disse que não era a especialidade dela e talz, e que não poderia me atender, ela começou a listar motivos e desculpas para o que aconteceu e logo emendou: “você é tão linda!” Ela apelou, né?! Depois dessa, fiquei até feliz de não ser, ela, a MINHA dentista!

Peguei o busão e voltei a Itaúna. Não sem trazer uma marmitinha da vovó e uma sinusite típica de “tempo demais em BH”.

Apesar da dor de cabeça, fui com o marido ao Sushi Samurai. Não gosto de comida japonesa, mas AMO sakerinha (ou sakepirinha) de morango!! E, apesar da dor de cabeça, tomei uma.

Não como peixe cru. Não gosto da textura. E, indo lá, sempre acabo comendo atum empanado, porque atum não tem tanto gosto de peixe, assim. Mas a combinação álcool e fritura sempre me detona – fígado ruim. Ainda mais quando já estou f****a… Mas sempre insisto, por dois motivos:

1. Sei que a comida dele é de primeira. Peixe fresco, com boa procedência – ele busca pessoalmente – e preparado com carinho. O Maicon realmente gosta do que faz.

2. Porque é tão bom que até vale a pena passar mal depois!!

Ontem não tinha atum. O Maicon disse que o peixe não estava bonito e não comprou. Então, fofíssimo que é, deixei que me convencesse a comer salmão com vegetais empanados. Valeu a pena!

E como não exagerei, não passei mal!

Tem quem diga que o Sushi Samurai é caro. Mas, juro para você, é impossível fazer comida japa com qualidade e bons pescados, no interior de Minas, de forma barata. É caro pra gente porque é caro para ele. E digo mais: mais caro é comer em japonês barato e arranjar uma intoxicação alimentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>