Parabéns!

Hoje faz um ano que quebrei a perna. A má notícia é que vou ter que ser submetida a mais uma cirurgia, para a retirada dos pinos restantes, só para fazer uma ressonância magnética caríssima, que meu plano de saúde não cobre, só para saber quão mal está a minha articulação – aparentemente, está péssima. Seja como for, não vou mais poder usar salto ou correr. :-(

A boa notícia é que meu médico ainda é o mesmo. Gosto dele.

Neste longo ano, nas poucas vezes que mães vieram com a conversa “você não sabe o que é isso, pois nunca teve filhos”, eu só penso: “eu quebrei minha perna tentando resgatar o meu. E você? Que tipo de burrice já fez pelos seus?”

Sinto imensa falta do meu menino…