RSS Feed

Categoria: ‘acessórios’

  1. 2 motivos pelos quais eu o-d-e-i-o a lojamelissa.com.br

    20 de junho de 2013

    Eu não ia mais comprar Melissa, principalmente, online, depois deste episódioprimeiro motivo -, mas… Gostei muito da Melissima, do Karl Lagerfeld, e a quis demais. Porém… A loja que vende Melissa em Itaúna só me avisou antes de ontem que não pode comercializá-la. Daí que o modelo já esgotou na loja online na minha numeração. Solução: como a Melissa k-h para as perguntas no Facebook, resolvi recorrer ao SAC da loja!

    Eu já havia recorrido quando quis comprar uma sandália chamada Solar. Perguntei se havia como me informarem o tamanho da palmilha, pois não tinha acesso ao modelo e não queria me arriscar a comprá-la na numeração errada. Resposta:

    “Em atenção a sua solicitação, informamos que, segundo os padrões de medida de calçados, para você saber qual é o tamanho, em centímetros, basta multiplicar o tamanho do produto por 6,66 e dividir por 10. É o tamanho do produto em centímetros.”

    Pode ser que eu seja uma toupeira e não tenha entendido a poesia do momento, mas, na boa, hein?!

    Resultado: deixei pra lá e não comprei a Solar, que está encalhadinha, até hoje, na Loja Melissa.

    Mas como eu queria muito a Melissima, muito mesmo, respirei fundo e tentei novamente. Segue meu e-mail:

    Screen Shot 2013-06-20 at 14.36.00

     

    Resposta:

    Screen Shot 2013-06-20 at 14.39.13

    Tentei novamente:

    Screen Shot 2013-06-20 at 14.41.02

    E ele respondeu:

    Screen Shot 2013-06-20 at 14.42.09

    Claro, eu poderia ter especificado que é a Melissima + Karl Lagerfeld. Mas, ó, só tem uma Melissima, não há este modelo com outros parceiros e, ademais, o cara trabalha no SAC da Melissa. Ele deveria, no mínimo, saber ler, escrever e saber o nome dos calçados. Ou poderia dar um Google que a encontraria facin-facin a Melissa Melissima em questão.

    Agora, alegar que a Melissa nunca “produzi-o” uma “milissa” “‘Melissinha’” é pedir pra sair!!

    Pois é. Agora é oficial. Não compro mais na Loja Melissa.


  2. Cine Melissa

    25 de fevereiro de 2013

    Faz tempo que eu não falo de Melissa, né?! Mais especificamente, desde que a loja online me fez passar muita raiva. Mas “águas passadas não fritam bolinho” e eu já aprendi todas as minhas lições em relação à marca. Sem ressentimentos, vamos ver o que EU acho da nova coleção?!

    Estranha.

    Gostei muito de pouca coisa. Assustei muito com muita coisa.

    Gostei da Doris. Não gostei do degradê e preferiria sem os “spikes”, mas devo ficar com a preta (com spikes e sem degradê).

    312320100300

    Gostei da bolsa-carteira:

    chromatic

    Amei a cor da Aranha Hits rosa. Amei!! É perfeitamente cafona!

    aranha-hits

    Na mesma linha dos gatinhos, a raposinha é uma fofura… Pena que é só para bebês…

    raposinha

    Em compensação, a tentativa de agradar às fãs adultas de gatos foi meio falha… Eu não compraria…

    divine3

    Medo eterno: Spikes. Um híbrido de JPG, punk da periferia e Lady Dragon?

    spikes

    Mais medo:

    billy

    Terror! Vivienne Westwood é meio excêntrica, ok. Mas mau gosto é mau gosto.

    vw2

    Eu também assutei com a versão com a bola e, depois, até achei bem simpática. Mas esta boquinha, aí… Não vai rolar…

    311635227700B

    E sapato com dedinhos…

    3SE

    3SE versão bailarina?! Hunf. E, para combinar:

    ballet

    Apliques, sempre os apliques:

    trippy mermaid

    Mermaid versão biscoito maizena.

    É encantador a Melissa ter finalmente se rendido à terceira idade:

    slip-hits

    fresh-bloom

    Muita bota, inclusive, uma versão entortada da Ashanti (Drama! Belo nome!) e uma bota de montaria!

    drama

    riding

    A coleção é enorme e estrelada – quantos da Vivienne! Jason Wu! Até Karl Lagerfeld vem por aí! Karl-Lagerfeld

    Mas achei exótica demais. Ok, as pessoas andam meio exóticas demais, então, vai que o problema sou eu…


  3. Chumigas!*

    28 de junho de 2012

    Mal coloquei as Melissas a venda e me apareceu um novo sapato para comprar. Culpa, de novo, da Chata de Galocha. Vi num post dela e quis.

    Comprei no dia 24 e chegou hoje. Frete grátis, atendimento atencioso e sapatinho bem bonitinho, sem nem uma tirinha de couro sequer. Amei isso! Calça direitinho, mas não posso falar sobre conforto, porque meus pés não curtem sapatilhas. Por essa, vou me esforçar. Acredito que para pessoas normais seja um bom sapato. Acolchoadinho e tudo.

    Custou R$ 59,90, aqui. Tem outras cores, além do rosa: bege, verde e azul.

    * Formigas!


  4. Feminino Plural 2012

    30 de maio de 2012

    Sábado tem Feminino Plural. Apesar de ser uma premiação que não premia nada, mesmo, eu AMO! Acho a festa sempre boa – estou indo pra 4ª! – e é a minha oportunidade única do ano de ser excêntrica sem ter medo de ser feliz!

    Este ano, vou me superar! Já comprei a tinta rosa para cabelo, um colar espelhado e vou estrear meus cílios de boneca e minha saia de tule! A-ha!

    Óbvio que não vão haver fotos minhas! Mas conto TUDO!


  5. Melissando…

    27 de maio de 2012

    Veja bem… Eu adoro Melissa. Mas detesto descaso.

    Pouco me importa aquela bobagem de #melissafail, como já disse. Erros de estratégia são recorrentes à marca e, quer saber? Tanto faz, desde que os preços me sejam acessíveis, o acabamento bom e o produto bonito e durável.

    R$ 179,00 não é uma fortuna para uma bota de cowboy, mas é meio caro para uma galocha. Mas não é uma galocha qualquer, é esta:

    Linda, né?! Amei a cor, o acabamento arranhadinho, com cara de usada a valer! Perfeita!

    Daí, viu outra foto no blog da marca:

    Apesar da foto bem ruim, dá para ver que rola um degradê na bota. Ok, não sou fã de degradês, mas achei divertido. O tom mais escuro me agradou mais!

    Deixei até comentário no blog: “As cores das flocadas são essas aí ou as da loja?! É muita diferença…” E nem tchum!

    Mas, de qualquer forma, estava decidida! Era a que eu queria. Comprei!

    E olha o que me chegou:

    Foto ruim, também, mas é que tirei sem flash, para ser fiel à cor dela.

    E a cor… Ou as cores… Cada pé num tom. E cada uma das quatro abinhas de acabamento de uma cor. Era como se não tivessem terminado o sapato e já o colocaram à venda, sabe?! Faltou tonalizar duas das coisinhas e acabar de tonalizar uma delas.

    Usei essas maravilhosas fotos para enviar meu e-mail de reclamação à Melissa. Questionei exatamente o acabamento do sapato. E olha que nem incluí as marcas de cola do pé esquerdo e a poeira grudada nos calcanhares. Sim, a bota não tem os arranhões e marcas de uso, como na primeira foto, mas há marcas de descaso.

    O atendimento da marca, quase sempre fofinho, me mandou e-mail falando que os Correios estavam autorizados a recebê-las de volta, para avaliação. E lá se foram.

    Uma semana depois, a mocinha do atendimento, fofa, me liga contando que não havia nada de errado com as botas. A cor era essa mesma. Todos os pares de flocadas estavam assim, inclusive a rosa e a marrom. Era uma característica pensada e decidida da bota, não um erro.

    Discordei, claro, e ela sugeriu que eu escolhesse outra cor. Ok. Flocadas estavam fora. A marrom lisa estava em falta e a preta é horrível! Fui de prata.

    Dois dias depois, ela chegou e… Não era bem assim:

    É chapada e cintilante, sem o envelhecido charmoso… Feia. Aceitei, resignada. Não fiquei feliz ou satisfeita, que era o que eu esperava por meus R$ 179,00. De fato, peguei birra de Melissa.

    Já vi as novas sandálias, da nova coleção e, apesar de ter gostado de muitas, perdi o tesão. A marca me deve. Não uma viagem a NY ou Londres, mas respeito, consideração. Eu compro online. Tudo o que tenho são as fotos oficiais, já que os blogs de fãs minguaram. E se as fotos oficiais mentem, a marca mente. E eu, que compro a mentira, me sinto traída…


  6. As últimas

    19 de maio de 2012

    Eta semanazinha corrida e cansativa. Aliás, qual não tem sido?!

    Termina com a caminhonete sem bateria e eu desistindo de ir a BH para a Bienal do Livro – conhecer o Ruas – e ao BH Tattoo Convention – tatuar…

    Mas comecemos pelo começo:

    • Chegou Noite Eterna, que comprei online. É o último livro da coleção “Trilogia da Escuridão”, do Guillermo Del Toro e Chuck Hogan. Livros sobre vampiros e fim de mundo. A abordagem é, muitas vezes, clichê, mas, ainda assim, há muitas soluções diferentes e interessantes. Devorei o livro e faltam 30 páginas para acabar, mas fico com dó de não ter mais, depois. Só o filme, mas… Não tenho mais saco para filmes…

    • Eu tinha um casal de frangotes e umas peruas para doar. Alguns garnisés para me livrar. E vieram aqui, em casa, e levaram tudo! Houve promessas de amor eterno e de cuidados, mas não acreditei… Sofri de culpa, mas passou. Menos ração para comprar, menos brigas para apartar, menos cocoricós para escutar… Ficou melhor e me restaram as boas.

    • Minha última galinha-de-presente morreu. Morte de galinha, por velhice, é cruel. A natureza não as fez para durarem tanto…

    • Morderam e quebraram a orelha do Will, semana passada. Ficou com orelha caída, mais feio ainda. O veterinário disse que não tinha solução, então, o inevitável aconteceu: ficamos com ele. Ninguém queria o menino inteiro, imagina com orelha caída. Mas, aí, como por milagre, consertou. Desconfio que foi tudo um estratagema dele para não ser mandado embora… Deu certo, nós o amamos!!

    • Cortei e descolori o cabelo. A cabeleireira jura que fiz californiana, e não duvido, mas não era o que eu tinha em mente – tá meio a meio. Estranho é que estou com o cabelo bicolor, exatamente como estava há uns dois anos, quando decidi cortar, exatamente porque estava bicolor. Aí, lá vou eu pagar uma grana considerável para voltar a ter o exato mesmo cabelo de outrora… Se havia alguma dúvida, passou: sou mulher!

    Era para ficar assim…

    • Chegou um colar, da Amazon, que eu nem me lembrava de ter comprado. Maior do que eu imaginava, mas gostei bem!

    White Zombie Cameo Pendant in Skull Frame

    • Dia 18, a Sugarpill lançou palette nova:

    A Sugarpill também está repleta de cílios postiços estravagantes!!

    • Terminei a semana de labuta comprando blusinhas baratinhas e livres de impostos na feira de malhas, tentando comprar blusinhas caras nas boutiques da cidade, comendo crepes – Alam e Laranja. Recomendo demais! – e tomando cafés na Girassóis, com muita gente boa.

    Hoje, ficarei em casa, babando… Minhas amigas de BH me deram bolo, o carro pifou e está um dia de sol, ótimo para lavar roupas!


  7. Hello Kitty com desconto!

    27 de abril de 2012

    Sou uma embaixadora Hello Kitty muito relapsa. Então, vou fazer um update das promos e novidades que recebo por e-mail. Na verdade, um de cada:

    E Hello Kitty dando uma de Caras!

    As imagens estão com seus respectivos links! Bora clicar!


  8. Melissa Possession

    7 de abril de 2012

    Amei a Possession. Ok, aquele meu plano de usá-la com dignidade para substituir sandália de salto, bem… Na minha idade, não fica digno, não. Mas levando em conta a minha vergonha na cara, usei e nem liguei.

    Fui num coquetel com ela. Pus um vestidinho bonitinho, arrumei a cara e pronto. Parecia uma idosa querendo se passar por adolescente, mas, no meio da festinha começou a chover. E pude ir embora para casa sem medo de estragar meu scarpin a caminho do carro. Sem contar que, enquanto as moçoilas todas buscavam uma cadeira para aliviar a dor nos pés, estava eu, em pé, linda e ruiva, sem dor alguma!!

    O plástico é duma maciez absurda. E como ela é oquinha no solado, como a Aranha, me dá meio que aflição do plástico arrebentar. Acho que ela não vai durar muito, não. Mas enquanto durar, estarei feliz…

    Pena que não tinha dessa cor quando comprei…


  9. Possession

    29 de março de 2012

    E como nem tudo na vida são dores, sacanagens, desamores, sacanagens… Minha Melissa Possession chegou!! E com revistinha Plastic Dreams! Aproveitei a promoção do frete por Sedex grátis e matei vontade. Faltam umas três, ainda, para eu ser plenamente feliz e realizada, mas a grana não anda sobrando, assim… Então, indo por partes!

    Eu queria a com glitter “rosa cheguei”, mas pensei, avaliei minha idade, meu guarda roupas, minha idade… E optei pela prata. Porque dá para usar com um vestidinho mais arrumadinho e ir a uma festa mais descoladinha. Cansei de salto. Meus pés incham e volto pra casa cheia de bolhas. Desci do salto de vez.

    É muito brocado, minha gente!!

    Hoje, se tudo der certo, vou estreá-la e conto, depois, se é confortável, se fica bonita em pé gordo e se vou sair distribuindo brilhos por aí! Combinado?!


  10. O Desejo

    3 de março de 2012

    Segundo Buda, a contemplação leva ao desejo. O desejo leva à dor. Viver implica em sentir dor. O desapego às coisas mundanas é um dos passos no caminho para se extinguir a dor e alcançar a iluminação.

    Quem me dera… Em vez de buscar uma vida livre de desejos e dores, cá fico eu, na Internet, procurando coisas às quais desejar…

    Na Tatty Devine:

    Na Asos – ainda:

    A Internet é o novo shopping.


s_link('Próximo'); ?>