Poeminha

Era uma vez e eu sabia Português. E era bom! E eu fazia revisão de textos. E era muito bom!

Certo dia, revisei um livro de poemas do Lúcio de Lourenzo. Não sei se ele o publicou. Espero que sim! Me apaixonei por um poema e o copiei na minha agenda (Bruxa Pascoalina 2001). Também não sei se ele me deixaria postá-lo aqui, mas vou arriscar:

eu não sei o seu nome e chamo
eu não lhe conheço e amo
espero espero não canso e me apavoro
por ansiedade ou espanto
de na sua vida não ser centro
mas canto

Ser canto é foda…

 

Mi mi mi

Desta vez não foi falta de tempo, correria ou falta de assunto. Sumi daqui porque há momentos que a vida fica tão estranha que a gente precisa avaliar tudo em silêncio, de si para consigo.

Avaliei e defini: quero me mudar do Brasil. Minha preguiça de buscar meus antepassados europeus vai ter que acabar. Quero sair daqui pra nunca mais! Sim, antes disso, muita água ainda vai rolar, mas há de rolar na direção certa.

Havia uma propaganda antiga, de banco, que dizia: “a gente não escolhe o país onde nasce, mas constrói o país onde vive”. Sempre achei isso lindo, verdadeiro de montão. Mas o que se pode construir com corrupção, estupidez, ignorância, policiamento politicamente correto totalmente equivocado, burrocracia, leis trabalhistas irreais, impostos abusivos, Marina Dias, Lula e Dilma, abuso de poder e mais corrupção? Eu não consegui construir nem um galinheiro. Cheguei de tentar.

Mas, enfim, enquanto estou aqui, no Brasil, e aguardo a hora do jantar, vamos fazer um apanhado das últimas semanas em minha vida? Então, senta e chora comigo!

Dia 10/09: lançamento mundial do primeiro disco do Gemini Syndrome! Eu já havia escutado, por stream, e já havia decorado todas as músicas! Mas… A coisa real é outra coisa! Não… É a mesma coisa, mas fiquei felizona de receber meus arquivos por e-mail!!

Dia 15/09: eu iria a BH para comemorar o aniversário do meu meio-irmão favorito, quando recebi a notícia da morte de um parente. Meus parentes não morrem, a gente é tudo vaso ruim, que não quebra mesmo. Além do susto, da tristeza, da dor de ver minha avó arrasada, ainda teve uma tal de burocracia para f*der geral. Como o Estado é desrespeitoso com a dor dos outros. Como podem demorar tanto para liberar um corpo e ainda zoar: “ah, pra que pressa? Já está morto!”. E que coisa mais triste ver alguém que você amou, que fez parte da sua infância, que deixou traços na sua personalidade ser colocado embaixo da terra… A vida nunca me preparou para isso…

Dia 23/09: inauguração da nova loja Beth Mendes. Importante? Importantíssimo! Primeiro, porque são minhas clientes do coração. Segundo, minhas amigas. Terceiro, porque a Virgínia, da Doce Deleite, fez os salgados do coquetel! Quatro, porque deu TUDO certo! Valeu cada segundo de estresse anterior a essa inauguração!

Dia 24/09: chegou a superesteira max-plus que compramos – a perder de vista – no Submarino. E chegou com defeito… Para trocar, 30 dias. Ou seja, perdi 30 dias de bunda dura…

Dia 27/09: já que não vou emagrecer tão cedo, comprei uma “Caixa da Felicidade” – 12 brigadeiros de chocolate meio amargo, 3 superpalhas italianas de Nutella, 3 cookies duplos recheados com ganache -, da Doce Deleite, com um plus de 20 amor-em-pedaço. São Glutão, comi como se não houvesse mais tarde! Comi como se não houvesse cárie, diabetes e gordura localizada! Comi e quis mais!

doce-deleiteNhami!

Dia 30/09: ainda bem que comi tantos doces no fim de semana. Acordei feliz, me arrumei para trabalhar, até passei batom! Não durou 2 horas, essa alegria. Que merda de profissão eu fui arranjar…

Dia 02/10: chegou o livrinho do Coala!! Gente, que lindeza!!

o-monstroBloco de notas com capa exclusiva do Monstro + livro autografado +  livreto de esboços e artes conceituais + poster exclusivo do Monstro. Faltou o Monstro, em si, mas o pacote em que ele vinha já tinha acabado…

 Dia 04/10: chegaram as minhas coisinhas do Gemini Syndrome: CD, camiseta – que já estou com ela -, chaveiro e as cartinhas!!

gemini-syndromeCD e cartinhas. A camisa e o chaveiro já estão em uso!!

Chegou minha impressão do Armandinho!!

armandinhoEm breve, vai ter livrinho dele, também!

Pode não parecer que a vida anda tão ruim, mas anda. Claro, há recompensas, às vezes. Um cliente bem agradecido já vale o dia. A chegada do Correio me alegra o coração. Ver coisas legais e saber do sucesso de pessoas legais é ótimo – mesmo que a gente, mesmo, esteja na merda. Abraçar minha avó, ver gente que eu gosto que eu não via há anos é sempre bom! Viver nunca deixou de valer a pena, mas há coisas na vida que não valem nada. E é delas que eu quero me livrar.

Boa sorte para mim.

Padroeiros da semana

Toda vez que D. Marina Smith pergunta no Twitter: “quem tem sugestão para o tema do Padroeiro da Semana?”, sugiro: ruivos. E ela SEMPRE me ignora. Então, resolvi eu mesma fazer!

Nem vai ter votação, porque sei que os corações que visitam este blog pertencem ao Eric Stoltz. Sem dúvida nenhuma, o ruivo mais lindo do planeta. Ei-lo:

Ok, todo mundo já teve seus dias maltrapilhos. Mas com “menos informação”, ele fica lindo!!

Outro que todo mundo agora ama é o Harry. Estranho, porque ele sempre foi o ruivinho coitadinho que nunca será rei. Agora que o William ficou careca e se casou, o Harry é TUDO. Sei. Eu sempre adorei as bochechas rosadas desse menino, que, além de ruivo, tem MUITO cabelo!

Sexy!

Eu acho o Josh uma delicinha. Adoro qualquer banda que ele faça parte. Acho as tattoos sexys. Adoro o cabelo rockabilly! Nem me importo dele fumar…

O Damian Lews, que está em “Homeland”, não me atrai. Mas como tem quem goste – né, Nandita? -, eu não o deixaria de fora.

Rupert Grin, que fez “Harry Potter”, cresceu fofinho! Vejo potencial.

Zack Ward não virou celebridade, mas tem a mandíbula linda!! Merecia muita fama só por isso. Mas acho que os olhos MUITO pequenos atrapalharam, um pouco, a potencial beleza… Peninha…

Eu não assisto a “Grey’s Anatomy” desde que a Addison trabalhava em Seattle. Mas vejo propagandas e notei este carinha, aí. Gostei do Kevin McKidd. Dá um caldo.

“So let’s play doctor, baby, cure my desease”

Esqueci de algum? Bom, de qualquer forma, tem padroeiro o bastante para uma semana!!

Mais Eric Stoltz, aqui.

 

Happy Valentine’s Day

Ah, o amor…

Para quem não sabe, hoje é dia de São Valentim, um bravo guerreiro do amor, o Bispo que lutou contra as ordens de um Rei para garantir os casamentos durante as guerras. E, graças às graças dele, em muitos lugares no mundo, a data de sua morte – hoje – é também a de celebração do amor.

Fonte informação: Wikipedia

Fonte imagem: Pusheen the cat.

Novidade Lime Crime

Ainda com dor de cabeça e sem conhecer o produto, transcrevo:

Paleta Chinadoll da Lime Crime

 

Não deixe que sua pele cor de neve, lábios fechados e suas bochechas coradas os enganarem; por trás dessa fachada séria, esconde-se um coração de uma tigresa…

A esperada entrada da Lime Crime no mundo das sombras prensadas começa com Chinadoll. Trazida à vida pelo ícone de estilo Hanna Beth, essa coleção não é para as pessoas de coração fraco, pois inclui as cores vermelho fogo, azul celeste, dourado, jade profundo e um forte preto.  Para fazer juz à tradição da Lime Crime, a paleta é bastante pigmentada, com textura mais cremosa e oferece cobertura superior, com uma capacidade incrível de misturar as cores para satisfazer até os mais exigentes amantes de sombras. Os cinco tons são embalados por uma luxuosa caixa de metal roxa.

O VISUAL CHINADOLL

Criado por Doe Deere, Maquiadora e Fundadora da Lime Crime:

“Chinadoll é frágil e ousada, suave e sincera, um espírito livre com uma presença indiscutível. Eu criei uma dualidade romântica na maquiagem ao fundir gradientes no estilo aquarela com linhas mais fortes – Lotus Noir foi aplicado embaixo dos cílios inferiores, misturado a cor Jade-o-Lade, sendo que o tom foi desbotado gradativamente para que houvesse uma transição até a cor Parasol. Finalmente, eu adicionei um leve toque de vermelho nas bochechas, sobrancelha e nas têmporas para um brilho inocente, remetendo aos antigos pôsteres de propagandas chinesas.”

Fly Dragon Fly – vermelho ardente [matte]
Parasol – azul celeste [matte]
Goldfish – dourado brilhante [metálica]
Jade-o-Lade – jade opulento [matte]
Lotus Noir – preto muito profundo [matte]

Vegano e Cruelty-Free. Valor de venda é US$34.99. Peso líquido 5 x 1.3 g. Chinadoll será uma adição permanente à linha de produtos da Lime Crime. Disponível a partir de dia 15 de Fevereiro no site da marca.

 

Plastic Paradise

Entra ano e sai ano e eu digo: não quero mais saber de Melissa. Entra coleção, sai coleção e eu compro, pelo menos, uma. E, normalmente, me arrependo da que comprei e das que não comprei. E nada vai ser diferente desta vez.

Ano passado, comprei a Talking II e a odiei! Meu pezinho gordo fica todo apertado na maldita.

Linda e cruel…

Para este ano, a lista, para variar, já está grandinha:

Comento:

• Angel (R$ 139,90): acho plataforma/anabela confortável demais. E adoro a Aranha. Juntou uma coisa com outra e gostei! Amei a azul clara.

• Star (R$ 89,90): gostei dela no pé e preciso muito de uma sandalinha que mostra os dedos. Não amei as cores, mas encaro a rosa, se for como nesta foto:

• Possession (R$89,90): gosto do modelo. Não sei quanto às cores, mas devo ficar com alguma com glitter.

• Joy (R$ 109,90): é desejo tão antigo! Mas nunca consigo as bicolores, então, nunca compro. Gosto das três, fico com qualquer uma delas.

• Mermaid VI (R$ 109,90): enfim com o laço perfeito! Desta vez, não vou deixar passar a vermelha!!

Mas a expectativa, mesmo, é pela Protection.

Por causa da chuva incessante, galocha é tudo o que eu quero!! Compraria duas ou três, se não fosse carinha (previsão de custar R$ 179,90)

Gosto da Eletric, mas não gostei das flocadas, além de terem me dito que ela é meio estreita, o que não me favorece. Mas é linda…

Mas, sem dúvida, o modelo mais lindo de morrer de todos é esse:

Olha só esse rabicó:

Coisa maravilhosa se tivesse no número 34.

Fotos surrupiadas deste blog aqui, onde tem (quase) todas a serem lançadas. Menos esta última foto, que não sei a quem dar crédito.

2012, bem-vindo!!

Ontem, estava lendo o post da Manu sobre o fim de ano e ainda não sei o que eu acho disso: “nada acontece sem que você faça algo”. Talvez porque muita coisa acontece, apesar da gente e do que a gente faz. Sim, muitas realizações dependem exclusivamente de esforço, planejamento, trabalho. Mas, para mim, a grande magia do Ano Novo está na ideia – idiota? – de que TUDO muda só porque o ano mudou. “Renovação” é a palavra. Eu realmente preciso disso. E eu realmente tento mudar o que não deu certo em mim e para mim no ano anterior.

Até agora, estou amando 2012. Os pintinhos continuam vivos, apesar da chuva incessante. Minha encomenda da Lime Crime chegou no dia 30, mas eu não estava em casa e só a recebi hoje. Lindo! E temos um cachorro novamente!! Perfeito!!!

El Toro

Amanhã, começo a trabalhar, novamente, e já começo a não gostar do ano tanto assim, mas tenho esperança de que as coisas mudem aí também. E para melhor. Afinal, estamos em 2012!