Veganos

Faz um tempo que peguei birra de blogueira. Elas mentem! Ok, nem todas, mas muitas delas, as mais famosinhas, maquiam as informações sem um pingo de vergonha. Outras são só afetadas, mesmo. Criticam e xingam com toda a propriedade das pessoas que não têm razão. Daí, que parei de confiar, de seguir, de me importar com a opinião delas.

Mas… Como não sou blogueira – sou designer! – vim dar minha opinião sobre coisinhas veganas que comprei e gostei ou não. Deixo claro, é somente minha opinião/experiência, sem validação científica, sem estatísticas confirmadas.

Comprei, no Vista-se, o desodorante Crystal stick. Ele parece uma pedra, que você umedece e passa nas axilas e/ou pés. Sem perfume, não mela, não mancha e segura a onda por várias horas. Tenho gostado muito. Para quem prefere spray ou rol-on, tem também.

Precisei de uma máscara para cílios. Eu uso a Elf incolor para as sobrancelhas e gosto bem, mas não gosto dela para os cílios, então, procurei outras marcas veganas para experimentar. O problema, na minha humilde e pão-dura opinião, é que é tudo bem caro. R$ 80,00 por uma máscara é além do que eu gostaria de pagar, mas fui. Duas vezes.

Primeiro, com a Alva: Máscara para Cílios Orgânica – Black. Orgânica, livre de parabenos, substâncias petroquímicas e fragrâncias sintéticas que causam alergia. As pessoas elogiam por aí. Nos sites de venda, então, só amor. Mas eu não curti. Primeiramente, porque a máscara parece que não seca nunca e ficar uns 10 minutos sem piscar não rola. Então, o jeito é passar, esperar e limpar em volta dos olhos, que estarão carimbados. Depois que, enfim, ela seca, começa a esfarelar. Eu uso lente e farelo no olho está fora de cogitação. Sem contar que suar, chorar e pegar chuva com ela não estão permitido! Então, abandonei-a.

Comprei um punhado de coisas na Granado – no site, mesmo depois de ter reclamado do atendimento deles. Sou só perdão! -, inclusive Máscara Duo Cílios Perfeitos. Estava na promoção.

Nos meus parcos cílios, mais de duas camadas dele já são o suficiente para empelotar. Ficamos nas duas, então – inclusive, a recomendação é usar uma camada de cada lado do duo. Seca e, depois de um tempo, esfarela um pouquinho. Nada demais. Mas tirar com água e sabão, no banho ou lavando o rosto, não rola. Aí, sim, ela esfarela com gosto! Como estou sem demaquilante, no momento, eu sofro. Então, não virei fã.

Os outros produtos Granado, de sabonetes a hidratantes, adorei tudo! A manteiga corporal é meu item favorito. O cheiro é mais forte do que eu gostaria, mas o resultado compensa. Minha pele está maciínha e lisinha!

Comprei, também, um batom Lime Crime da linha Velvetines, o Red Velvet. Eu adoro os Unicorn Lipstick e os Carousel Gloss que eu tenho, então, nem me importei com a alta do dólar quando surgiu a oportunidade de comprar o batom líquido que seca e fica super matte.

É fácil de aplicar, a cor é linda, quase não transfere e é difícil de sair… A não ser que você use sua boca. Porque ele sai até com água. Se desfaz igual tinta guaxe e fica só o contorno. E eu, que evito batom vermelho exatamente porque me deixa insegura, não vou usar esse. :-(

Pra fechar o carrinho: henna. Me enchi de pessoas falando: “mas você não é ruiva, mais?”. Sim, eu sou, mas tenho 41 anos, for crying out loud! Tenho amigas totalmente grisalhas ou caminhando a passos rápidos para isso. Deixa meu cabelo desbotar!! Mas, depois do chilique, eu resolvi passar Surya em pó vermelha, porque a cobre não existe mais :-( , e minha tia aplicou pra mim.

Tem cheiro de chá? Tem. Faz bagunça pra passar? Sozinha, definitivamente. Com a ajuda da tia, bem pouca. Lavar pra tirar é uma aventura? Sim e com certeza. Não sai fácil, mas meu cabelo é liso e pouco, então, foi relativamente tranquilo. Mas meleca o banheiro todo! Mancha toalhas e fronhas por uns dias? Sim. Está na bula do produto, inclusive. Desbota igual tonalizante ruivo? Não. Desbota com as lavagens, mas BEM menos. Meu cabelo é tingido e a raiz está virgem. Vai colorir igualmente? Não, não vai. Tem chumbo? Não! É tudo plantinha inofensiva.

Gostei muito, deu supercerto e volto a usar assim que precisar. Mas vou comprar henna purinha para experimentar, também.

frente-versoDe frente: máscara para sobrancelhas Elf, para cílios Granado, batom Red Velvet, da Lime Crime. Verso: cabelo precisando de corte, mas ruivo, novamente, graças à Surya.

 

 

:-)

Tenho andado ansiosa. Pode ser porque vou ser operada, de novo. Pode ser porque eu ainda não tenho casa. Pode ser porque a crise está aí. Pode ser por tudo isso junto e/ou por um monte de outras coisas. Só sei que faz tempo que não assisto a um filme sem pausar, pelo menos, umas 11 vezes. Isso, se chego ao fim.

Teve um tempo em que comprar me aliviava ansiedade. Era um tempo em que eu não tinha muita responsabilidade (tinha um gato só) e comprava sem dó. A natureza agradece minha mudança de rumos, o capitalismo lamenta e eu confesso que comprei, há uns dias, alguns supérfluos, só para matar saudades.

Almofada da linha Amo Bichos, da Gíria Presentes. Sim, eu não precisava dela, já que nem tenho onde colocar. Mas a Olívia ficou tão deslumbrante na almofada. Quem me culpa?!

IMG_1046 IMG_1054

Tião, o neto favorito, quer uma, também! Já sua mãe, tímida que só, se escondeu dos flashes!

IMG_1055 IMG_1068Ainda na vibe “eu amo Olívia”, encomendei ela e Cristo em amigurumi (crochet/tricô) na Blackbird Amigurumi. Meodeosdoceu que coisa mais linda!! A Heloísa, com quem fiz contato, é uma doçura! Pediu foto dos homenageados e fez a Olívia sem o pé direito!! Amei! Aliás, teria como não amar?!

IMG_1085 IMG_1086Normalmente, quando se compra online só se tem contato com o vendedor em momento de estresse. Ou a compra não chega ou veio errado/com defeito. Nessas comprinhas, eu tive contato e foi bacana. Pessoas que atendem bem, com carinho e simpatia merecem meu (parco) dinheiro. Merecem sucesso.

Recomendo muitíssimo os presentes dessas duas lojas.

Gastando dinheiro – ou investindo em cultura?

Adoro o Catarse. A plataforma de financiamento coletivo parece uma grande bolsa de apostas + liquidação. São, no máximo, 60 dias de prazo para fazer acontecer. A gente tem a oportunidade de fazer parte da História do projeto e, assim, torce, divulga e ainda paga um preço bem legal pelo produto + recompensas.

Eu sou apoiadora compulsiva de quadrinhos. Minha lista tem 14 apoios na área e todos concretizados. Uma ou duas decepções – livros que prometeram, mas não cumpriram -, mas, de modo geral, tenho estado satisfeita.

Estão em fase de apoio e recomendo:

Dois livrinhos: dois livros: Blue, uma coletânea de quadrinhos tragicômicos, e Dúvidas Cruéis de um Idiota, um livrinho recheado de dúvidas sobre o mundo. Muito divertidos, assim como o vídeo de apresentação do projeto, que foi quem me ganhou! Mas corra, porque está chegando ao fim!

Beladona: versão impressa de uma das minhas webseries favoritas.

Nada com coisa alguma: coletânea de tira do quadrinista José Aguiar.

O Homem da Capa Amarela: é sobre um justiceiro contra políticos corruptos. Parece bem legal. Na dúvida, clique aqui e baixe o primeiro capítulo.

Remendos: coletânea de tirinhas do site Sushi de Kriptonita. Ótimo site!

Quad 2: 4 histórias de 4 cartunistas.

Inconcebível: desculpe, Valter, mas seu vídeo dá sono, depõe contra. Mas… Fiquei curiosa com a história e terá meu apoio.

O Catarse tem muitas outras áreas de interesse, caso não curta quadrinhos. Tenho certeza que algum projeto merecerá seu apoio.

P.S.: para quem gosta de bichos, um projeto bem bacana no Catarse: Animal de Estimação Não é Brinquedo Não. É um livro voltado ao público infantil que ensina sobre o respeito aos animais.

Querida soja #SQN

Eu juro que tentei, mas soja não desce.

Marido, que diz que apoia meu vegetarianismo, mas não faz nada além de virar os olhos, fazer piada e implicar, disse que sou péssima vegetariana, porque eu não gosto de vegetais.

vegetaisCamiseta fofa que ele comprou…

Se for seguir o lema da campanha “se ama um, porque come o outro?”, não gostar de vegetais é meio caminho andado. Se não gosto, eu como sem dó, sem culpa. Nhé… Não é bem assim. Eu tenho sério problema com cheiro e textura. Vegetais têm texturas engraçadas. Tipo, cenoura é legal. Se ralada, é menos legal. Cozida não é nada legal. Nada.

Enfim, ser vegetariana, para mim, não é fácil porque minhas opções são muito limitadas. Sem leite e derivados, a coisa fica ainda pior. Mas… Como disse alguém, em algum lugar, meu sacrifício é pequeno perto do dos animais-alimento. Então, na minha busca desenfreada por comida – porque sou uma morta de fome e um poço sem fundo -, fui desencavar sites veganos.

Achei o Casa Veg, com preços razoáveis – melhores do que dos outros sites que pesquisei – e opções. Comprei alguns itens para experimentar. O atendimento foi rápido e os produtos vieram embaladinhos e chegaram bem. Recomendo.

vegAchei alfarroba bem ok, acima da expectativa. Bala de agar caiu no quesito textura estranha e não me serve. Os cookies Mãe Terra eu já conhecia e os adoro! Ganhei chocolatinhos! Mas o que eu mais queria experimentar era a salsicha de soja. Tanto, que fiquei com medo da decepção e fui primeiro nas almôndegas. Agora, tenho medo das salsichas…

O cheiro de tofu me embrulha o estômago. Detesto. Apesar disso, dias atrás, comprei uma linguiça de tofu e foi razoável, deu para comer. O cheiro, eu abstraí. Tudo certo. Já a almôndega, mesmo sendo de soja e milho – e, não, de tofu – tem muito cheiro. Muito. Mesmo. Eu simplesmente não consegui lidar. Até experimentei. Mesma textura da linguiça do outro dia, mas o cheiro… Minha esperança é que as salsichas sejam melhores, já que salsicha de lata não vegana é quase tudo soja…

Uma pessoa comentou que os produtos Batavo de soja, da linha Naturis, são gostosos e não lembram em nada produtos de soja. Vou testar. Se não der, soja está fora da minha dieta.

Eu vou ter que me adaptar a comer verduras e aprender a fazer pratos veganos saborosos, sem imitações de carne. Por enquanto, é a única saída. Se não der, volto pra BH. Há restaurantes, lanchonetes e entregas de marmitex veganos, por lá, que me fazem salivar toda vez que postam no FB! Há esperança. Sempre.

2 motivos pelos quais eu o-d-e-i-o a lojamelissa.com.br

Eu não ia mais comprar Melissa, principalmente, online, depois deste episódioprimeiro motivo -, mas… Gostei muito da Melissima, do Karl Lagerfeld, e a quis demais. Porém… A loja que vende Melissa em Itaúna só me avisou antes de ontem que não pode comercializá-la. Daí que o modelo já esgotou na loja online na minha numeração. Solução: como a Melissa k-h para as perguntas no Facebook, resolvi recorrer ao SAC da loja!

Eu já havia recorrido quando quis comprar uma sandália chamada Solar. Perguntei se havia como me informarem o tamanho da palmilha, pois não tinha acesso ao modelo e não queria me arriscar a comprá-la na numeração errada. Resposta:

“Em atenção a sua solicitação, informamos que, segundo os padrões de medida de calçados, para você saber qual é o tamanho, em centímetros, basta multiplicar o tamanho do produto por 6,66 e dividir por 10. É o tamanho do produto em centímetros.”

Pode ser que eu seja uma toupeira e não tenha entendido a poesia do momento, mas, na boa, hein?!

Resultado: deixei pra lá e não comprei a Solar, que está encalhadinha, até hoje, na Loja Melissa.

Mas como eu queria muito a Melissima, muito mesmo, respirei fundo e tentei novamente. Segue meu e-mail:

Screen Shot 2013-06-20 at 14.36.00

Resposta:

Screen Shot 2013-06-20 at 14.39.13

Tentei novamente:

Screen Shot 2013-06-20 at 14.41.02

E ele respondeu:

Screen Shot 2013-06-20 at 14.42.09

Claro, eu poderia ter especificado que é a Melissima + Karl Lagerfeld. Mas, ó, só tem uma Melissima, não há este modelo com outros parceiros e, ademais, o cara trabalha no SAC da Melissa. Ele deveria, no mínimo, saber ler, escrever e saber o nome dos calçados. Ou poderia dar um Google que a encontraria facin-facin a Melissa Melissima em questão.

Agora, alegar que a Melissa nunca “produzi-o” uma “milissa” “‘Melissinha’” é pedir pra sair!!

Pois é. Agora é oficial. Não compro mais na Loja Melissa.

Novidades – em maquiagem

É, eu não sou mais afilidada a nenhuma marca, não estou vendendo espaço de publicidade no blog, não faço (nem nunca fiz) post pago e não quero induzir ninguém à compra. Mas… Eu recebi, eu gostei, não vou comprar, mas vou compartilhar!!

Lime Crime:

 

Sugarpill:

Contemplem. Desejem. Comprem se puderem/quiserem, mas lembrem-se, os Correios demoram cerca de 90 dias para entregar estas belezinhas no Brasil. Se você tiver sorte, chega bem antes. Se não, talvez nem chegue – como o colar que comprei, em abril, pro dia dos namorados. Já até reenviaram e ele nunca chegou…

Compartilhando sofrimento… Ou não.

Como eu adoro gatos, fica fácil gostar de coisas com gatos. E quando me enviam um e-mail só sobre produtos de gatos, a mina, aqui, pira… E a Airu fez o favor de me fazer pirar…

Se você se interessou e está podendo, tem muito mais aqui!

Chumigas!*

Mal coloquei as Melissas a venda e me apareceu um novo sapato para comprar. Culpa, de novo, da Chata de Galocha. Vi num post dela e quis.

Comprei no dia 24 e chegou hoje. Frete grátis, atendimento atencioso e sapatinho bem bonitinho, sem nem uma tirinha de couro sequer. Amei isso! Calça direitinho, mas não posso falar sobre conforto, porque meus pés não curtem sapatilhas. Por essa, vou me esforçar. Acredito que para pessoas normais seja um bom sapato. Acolchoadinho e tudo.

Custou R$ 59,90, aqui. Tem outras cores, além do rosa: bege, verde e azul.

* Formigas!